domingo

Jean Piaget - Meacanismos de adaptação


  •  Esquemas – padrões de comportamento e de pensamento que organizam a interacção com o meio (nos bebés, os primeiros esquemas baseiam-se em acções: respirar, sugar, chupar e agarrar). A criança aprende a agir.
  • Assimilação – processo mental que consiste em integrar numa estrutura prévia do sujeito, as situações, isto é, os elementos provenientes do meio. Pela assimilação incorpora-se os dados das experiências às estruturas cognitivas, isto é, aos esquemas existentes. A assimilação é um processo passivo, em que a criança se limita a receber informações.
  • Acomodação – processo mental pelo qual as estruturas cognitivas – os esquemas existentes – se vão modificar em função das experiências do meio. É um processo em que as estruturas se submetem às exigências exteriores, às situações novas, adequando-se ao meio. A criança já organiza as informações e torna-se capaz de as utilizar.
  • Equilíbração – processo interno de regulação entre a assimilação e a acomodação. Contudo, todo o equilíbrio induz um novo desequilíbrio. É este movimento de equilíbrio/desequilíbrio que permite o desenvolvimento individual e a adaptação.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Enviar um comentário